Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


sharon-mccutcheon-800x500-unsplash.jpg

 

em simultâneo com o regresso a uma dieta vegetariana e a perda de peso, dois mil e dezanove trouxe a vontade de parar com a medicação. estou cansada de estar sedada, nestes últimos dez anos o meu cérebro desaprendeu de sentir.

 

a semana passada parei com o ansiolítico e um dos anti-depressivos. mesmo à bruta. conversei com a minha enfermeira e voltei a tomar o anti-depressivo e dar tempo para o corpo se habituar à ausência do ansiolítico.

 

as dores de cabeça só passaram no domingo. a minha médica disse que também acredita que este ano há margem para parar com parte da medicação e explicou-me como deixar o outro anti-depressivo. por ora, estou a tomar os dois.

 

sinto a cabeça estranha. penso que tem mais a ver com as maratonas sem dormir do que com a ausência de medicamentos. serviu-me de emenda. agora vou com calma. quando a cabeça se estranha afecta todo o corpo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


cura holística e medicina da terra


ebook grátis

200x200_VOAR.png


mais sobre mim

foto do autor


arquivo



instagram

@anaeugeniodotcom

miminho.gif