Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

deixei de ser obesa..

por Ana, em 08.02.19

martina-t-800x500-unsplash.jpg

 

hoje tive o meu segundo check-up com a nutricionista do ginásio. como lhe disse, só vou saber o meu peso nas consultas mensais com ela.. tcharam: perdi três quilos nos últimos trinta dias. YES! estou com setenta e seis quilos e tenho menos massa gorda visceral (a que se acumula à volta dos órgãos).

 

como tenho uma dieta vegetariana, em janeiro uma das preocupações da médica era que eu ingerisse mais fontes proteícas (leguminosas, tofu, soja, frutos secos, etc) para não perder massa muscular. passei a adicionar lentilhas ao arroz integral, além dos habituais brócolos, ervilhas ou feijão.

 

a melhor notícia para a médica é eu ter deixado de ser obesa e passar a ter "apenas" peso a mais. ficámos as duas bem-dispostas. o meu indíce de água corporal também aumentou. estava baixo em janeiro. desde junho que estou a ensinar o meu corpo a perder peso. YES! também perdi centímetros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

esclarecimentos e retrocessos

por Ana, em 27.01.19

alexander-possingham-800x500-BLOG.jpg

 

sexta-feira passada voltei a tomar o ansiolítico. 
 
na quinta-feira a minha enfermeira esclareceu-me que a tensão facial era da privação do ansolítico. era extremamente cansativo e por piscar os olhos ininterruptamente estava a ver tudo entrecortado. 
 
há alguns dias que o meu corpo pedia pelo ansiolítico mas nunca pensei que estivesse interligado. na sexta fui aos saldos com a minha mãe e cheguei a casa com o rosto super tenso e o corpo irrequieto.
 
para agravar o cansaço, na semana passada as minhas mãos recomeçaram a tremer. na sexta estavam piores. por isso, à noite decidi tomar o ansiolítico. este início de ano tem sido um pouco sofrido.
 
outra coisa que notei além do piscar de olhos constante é que estava a fechar-me num casulo. a semana passada não fui ao ginásio dia nenhum. e, de certo modo, sinto falta. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

sharon-mccutcheon-800x500-unsplash.jpg

 

em simultâneo com o regresso a uma dieta vegetariana e a perda de peso, dois mil e dezanove trouxe a vontade de parar com a medicação. estou cansada de estar sedada, nestes últimos dez anos o meu cérebro desaprendeu de sentir.

 

a semana passada parei com o ansiolítico e um dos anti-depressivos. mesmo à bruta. conversei com a minha enfermeira e voltei a tomar o anti-depressivo e dar tempo para o corpo se habituar à ausência do ansiolítico.

 

as dores de cabeça só passaram no domingo. a minha médica disse que também acredita que este ano há margem para parar com parte da medicação e explicou-me como deixar o outro anti-depressivo. por ora, estou a tomar os dois.

 

sinto a cabeça estranha. penso que tem mais a ver com as maratonas sem dormir do que com a ausência de medicamentos. serviu-me de emenda. agora vou com calma. quando a cabeça se estranha afecta todo o corpo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


cura holística e medicina da terra


ebook grátis

200x200_VOAR.png


mais sobre mim

foto do autor


arquivo



instagram

@anaeugeniodotcom

miminho.gif